calminha #2: simplesmente comece de novo

thumb podcast calminha #2

este episódio é a adaptação de parte de um conteúdo do escritor, filósofo, e neurocientista norte-americano, Sam Harris, e se chama “simplesmente comece de novo”.

clique aqui para acessar a playlist com o conteúdo original. o episódio se chama “Just Begin Again”.


estou gravando este episódio no final de dezembro, que é uma época do ano em que muitos de nós pensamos em começar de novo. claro, na maioria das vezes tem quê de irreal nestas nossas resoluções, já que a maioria dos compromissos pra fazer mudanças significativas em nossas vidas começa a se desfazer no momento em que são criados. e a verdade é que não existe uma linha de chegada na vida e devemos sempre começar de novo já que, não importa quão boas ou ruins as coisas possam parecer, nada dura. 

tudo o que você fez ou deixou de fazer agora é só uma lembrança e tudo o que você está dizendo a si mesmo sobre o futuro é, na melhor das hipóteses, uma meia-verdade. este momento presente é sua oportunidade, sua única oportunidade de se conectar com sua vida e sempre será assim. portanto, recomeçar é a essência do caminho para uma vida bem vivida, é o passo pelo qual superamos cada embaraço, cada indignidade e cada decepção na vida. em vez de ficar por aí arrastando o cadáver do passado, nós somos livres para viver o próximo momento como se fosse novo, porque é. 

não importa o que aconteceu… se você falhou ou foi bem-sucedido, se seus relacionamentos foram prejudicados, se você confundiu um amigo com um inimigo (ou um inimigo com um amigo), se você não foi o cônjuge ou o pai, ou o irmão, ou o filho ou a filha que queriam que você fosse, simplesmente comece de novo. 

se você tem sido egoísta ou simplesmente alheio ao sofrimento dos outros. se tá navegando sem rumo pela vida, ou se tem prestado atenção nas coisas erradas, não tem porque hesitar, apenas comece de novo.

se você tem vivido sob a ilusão de que outras pessoas são responsáveis pela maneira como você se sente, em vez de reconhecer que suas emoções negativas são um padrão criado por você mesmo, pode passar a assumir suas responsabilidades agora, começando a vida novamente. 

se você está contando a si mesmo uma história de que vai praticar meditação ou fazer “aquela coisa mais importante de todas” amanhã, mas esse amanhã nunca chega, aproveita este momento para começar de novo. 

se seus pensamentos te roubaram o presente, se a abertura de sua consciência foi eclipsada, se você passou a sentir que a liberdade está em outro lugar e que algo precisa ser feito antes que você possa reconhecer o espaço no qual tudo está aparecendo por si mesmo, bem, então este é o momento de começar de novo. 

você vai voltar a nesse ponto 10 milhões de vezes, então, por favor, reconheça pelo que é. você está sendo feito de refém, deixando com que sua felicidade dependa de algumas exigências que ainda não foram atendidas. a meditação é simplesmente a prática de reduzir sua lista de demandas a zero, pra que você possa realmente ser livre neste momento. 

portanto, de onde quer que você tenha vindo, por mais difíceis que as coisas tenham parecido, o que quer que tenha sido feito ou não tenha dado tempo de fazer, apenas comece de novo.